sexta-feira, 30 de abril de 2010

Traduzindo calorias

Confesso: eu adoro procurar novidades no supermercado. Foi assim que encontrei um pacote de brownies de chocolate amargo e fiquei com desejo de experimentar.


Outra confissão: não compro nada de comer, principalmente guloseimas, sem antes checar o valor calórico. Mania de quem passou 87,3% da vida tentando perder peso.
Mas voltemos aos tais brownies. Eles pareciam deliciosos. Eram importados. Lá fui eu em busca da tabela nutricional. Havia uma etiqueta da importadora, encobrindo a tabela original, supostamente para facilitar nossa vida transpondo todas as informações para o português. E lá estava a informação maravilhosa: 25 gramas daqueles brownies tinham apenas 35 calorias! Praticamente uma bênção na vida de quem precisa fazer regime mas tem síndrome de abstinência de chocolate!


Comprei um pacote na mesma hora para experimentar a tal maravilha.
Chegando em casa, abri o pacote e experimentei um: delicioso! Tão delicioso que comecei a achar que tinha algo de errado naquela contagem de calorias...
Levantei aos poucos a etiqueta e lá estava a tabela original, com uma informação diferente: 31 gramas (peso de um brownie) equivalem a 140 calorias!!! Quatro vezes mais!


Alguém me explica o que aconteceu? Vá lá que muita coisa se perca numa tradução, que toda tradução seja sempre uma traição, mas nunca soube que isso acontecesse com calorias!
Outra coisa: cada brownie pesa 31 gramas, como informa a etiqueta original:


Então por que cargas d'água o total de calorias da etiqueta brasileira é baseado no peso de 25 gramas? Vou ter de comprar uma balança de precisão pra ir pesando pedacinhos de brownie até atingir a fração correspondente a esse peso?


Alguém me explica? Ou avisa a vigilância sanitária?

6 comentários:

  1. Puxa...muito chato isto da diferença, eu no geral me contentava com as calorias "traduzidas", agora vou ter que checar sempre na tabela original.
    Pena que estes aí tem 140 cal, parecem deliciosos.

    ResponderExcluir
  2. A diferença é realmente gritante! Talvez você devesse enviar pelo menos um e-mail para a importadora questionando a tradução. A gente já come certas guloseimas com culpa, agora, depois descobrir a informação correta e sentir quatro vezes mais culpa, é indigesto! hheheheh

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Ainda bem que eu não olho as etiquetas originais, viu! (rs). Imagine quantas calorias não tem uma "Carolina"?!? Fora isso, que enganação, hein? Não se pode confiar nem nas batinhas mais, quanto mais em biscotinhos...

    ps: Gostei da porcentagem de tempo. Que precisão!

    ResponderExcluir
  4. Nossa!Que absurdo!
    Acho que um contato com a importadora se possível apenas para avisar sobre o "deslize" seria válido, mas acho que vale também aproveitar as coisas gostosas da vida independente das calorias que tenham!
    Irei me tornar visitante assíduo!
    Fiquei com vontade dos Brownies!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Ana, faz muito barulho na hora de comer? Crosh corsh... comer a noite escondido nao da nao? rsrsrsrss

    ResponderExcluir
  6. Rsrsrsrs...

    O pacote já estava comprado, as calorias eram altas mesmo.
    Ao menos valeu a pena?

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.