sábado, 31 de janeiro de 2009

Uma praga útil chamada celular - parte III

Pensei que já estivesse encerrada a minha longa lista de reclamações contra o celular, mas uma viagem de trem pela Europa, onde estou agora, me fez lembrar de mais uma forma irritante de usar esse aparelhinho tão útil: como rádio de pilha, sem fones de ouvido!
Não sei se já repararam, mas os novos celulares têm vindo com alto-falantes bem potentes que, imagino, foram pensados para facilitar o uso do viva-voz: no carro podem ser bem úteis.
Acontece que as pessoas perceberam que aquele alto-falante pode servir pra ouvir as músicas que estão na memória do telefone, dispensando os fones de ouvido. Pronto, acabou o sossego dos que gostam de silêncio!
Já vi uma garota de pé, num carrinho de bagagem de aeroporto, dançando ao som do seu detestável celular, enquanto esperava a mala na esteira! Conseguem imaginar a cena?
E no trem, semana passada, um cara foi ouvindo rap a viagem inteira, com aquela batida monótona pra todo mundo ouvir! E ninguém fez nada... Eu, como estou de férias, fiz de conta que não ouvia, mas anotei mentalmente que precisaria fazer a parte 3 do assunto celular...
Ambas as cenas me lembram muito quando era moda usar radinho de pilha colado no ouvido, mas acho que essa geração que usa o celular como rádio não faz essa associação, porque em geral são muito jovens pra ter esse tipo de memória.
E só pra terminar, uma cena diferente porém semelhante: alguém testando todas as opções de campainha de seu novo aparelho durante uma viagem de ônibus, dessa vez no Brasil. Que absoluta falta de senso de conveniência!!!
Não sei se tenho mais saudade do tempo em que baterias de celular duravam pouco e precisavam ser poupadas ou daquele velho aviso que havia nos ônibus: é proibido o uso de aparelhos sonoros!

3 comentários:

  1. Isso tudo é sinal de que cada vez mais as pessoas pensam apenas nelas mesmas. Imagino que um dia ainda vou ouvir de um desconhecido que o meu silêncio está atrapalhando.

    ResponderExcluir
  2. hahahaha!!! Gente, na Europa as pessoas também são mal educadas???

    Acho que isso pode ser também ego, sabia? A pessoa coloca aquelas músicas irritantes no celular alto para que todos possam saber o som que ela curte, e o como ela é "dahora" e super moderna por escutar aquele tipo de som. Já vi uma pessoa escutando "puts-puts" no metrô e dançando, como se estivesse numa balada... ninguém merece... não sei como tem gente que consegue ouvir aquilo.. sem UMA letrinhaaa... Jesus!! Sem contar q dá dor de cabeça, ne?...rs

    Há também aqueles que usam para relembrar a boa noitada, como forma de fuga da realidade... Nossa, enfim! Existem milhares de explicações, só falta descobrir qual delas é a correta para tentar ajudar esses pobres seres humanos que estão, aos poucos, acabando com a nossa vida... e nossos ouvidos..rs

    Continue atualizando, que eu adoro ler aqui!! =) Adorei o recadinho no outro post! Obrigadooo..

    Um super beijo!!!

    ResponderExcluir
  3. kakakakaka...
    Concordo e ainda com a última cena, imagino e sei porque vivi semelhante. Indo visitar minha mãe dias atrás em Marília, uma senhora no ônibus tb testanto todas as musiquinhas que o celular dela poderia tocar de campanhia. Haja indecisão e falta de educação!!!
    Ótimo post, Ana. Adorei!

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.